CASA PODEROSA DOS FILHOS DE YEMANJÁ

CASA PODEROSA DOS FILHOS DE YEMANJÁ
S O B E R A N A

sábado, 19 de junho de 2010

Lugares Místicos ( Festa de Yemanjá em Mongaguá /SP )

Festa de Yemanjá






Ao nos aproximarmos do mês de dezembro, começa a correria para os preparativos da grande homenagem à Senhora das Ondas; à Rainha do Mar; a mais popular de todas a “Yábas”; a mãe de quase todos os orixás. Nossa Mãe Yemanjá.



A data comemorativa dos festejos à Yemanjá não é a mesma em todo o País, mas sofre variações de uma região para outra. Desta forma:



Na Bahia (onde Yemanjá sincretiza-se com Nossa Senhora das Navegantes) é festejada em fevereiro.



No Rio de Janeiro é na passagem de 31 de dezembro para 1º de janeiro (tradição que nasceu nas areias de Copacabana e vem dos “dourados”, anos 50, quando o Rio ainda era a capital federal).



No Estado de São Paulo a festividade teve início tambem na década de 50, quando alguns templos, não organizados por nenhuma federação, passaram a realizar os festejos na praia das Vacas aos lado do forte, pois esta foi declarada área de uso militar.





Foram proibidos não só as práticas religiosas, como tambem o turismo no local. A comemoração era durante todo o mês de dezembro.







Já na Praia Grande, o saudoso Pai Jaú – Euclides Barbosa (da Liga Umbandista do Estado de São Paulo), famoso desde o tempo que era jogador de futebol pelo Corinthians, organizou a “procissão do encontro”, quando dois grupos vindos de lados diferentes da praia traziam as imagens de Yemanjá e Nossa Senhora da Conceição que se encontravam em frente à avenida Costa e Silva (Praça do Relógio em Praia Grande).



A data escolhida passou a ser o dia 08 de dezembro (dia de Nossa Senhora da Conceição).





Hoje já é tradição em Praia Grande – e isto tambem vale para todo o litoral paulista – que a semana de Yemanjá começa no 1º sábado antes do dia 08 de dezembro e vai até o 2º domingo depois do dia 08.



Durante mais de 20 anos o espaço destinado a Federação Umbandista do Grande ABC, foi o maior espaço destinado a uma única federação e era constituída de 14 quarteirões (quando a festa de Yemanjá era a maior festa religiosa do Brasil), ocupando 27 km de praia do município da Praia Grande.





Chegaram a estimar em 700.000 o número de participantes na década de 70, o que levada o caos ao município.



Este número declinou bastante.



Posteriormente o prefeito da Praia Grande limitou o espaço para a festividade, que passou a se realizar nas imediações da imagem de Yemanjá.





Esta imagem foi idealizada pelo saudoso Demétrio Domingues da Associação Paulista de Umbanda, com o apoio do SOUESP – Construída pela prefeitura municipal e recentemente reformada pelo prefeito Adalberto Mourão que realizou excelente trabalho.



Em 1987 a Federação Umbandista do Grande ABC, deixa a Praia Grande e passa a realizar a festividade na Estância Balneária de Mongaguá, município vizinho da Praia Grande, e atualmente ocupa 2 km de praia para os festejos.



Em 2005, a F.U.G, “ABC” doou à Mongaguá um magnífico Monumento à Yemanjá com 10 m de altura, que está situado junto a Plataforma de Pesca, importante ponto turístico no município.

Cidade de Mongaguá - SP







A Festa de Yemanjá em Mongaguá ocorre nos dias 8 e 9 de dezembro.

Um comentário:

  1. Boa Noite,

    Alguem saberia me dizer quando sera a festa de iemanja este ano 2010 em dezembro na Praia Grande?

    Obrigado.


    Email: uarles_vale@ibest.com.br

    ResponderExcluir